Notícias

Aquisição de RM

Share Button

 

 
Desde Maio que os doentes do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) que precisam de realizar uma ressonância magnética já não têm de se deslocar a outras unidades de saúde.
 
O MAGNETOM Symphony TIM, da Siemens, assegura todos os exames desta especialidade.
 
As vantagens são óbvias, como explica Pedro Portugal, director do Serviço de Imagiologia: "Permite desenvolver a técnica no hospital, adequar os exames com mais rigor a cada doente, também devido a uma maior proximidade com o médico que os prescreve."
 
Quanto às características técnicas deste equipamento de vanguarda, destaca-se a tecnologia TIM, que garante imagens de qualidade superior, tempos de scan menores e maior flexibilidade e precisão. Oferece ainda a possibilidade da imagem corporal total, até dois metros de comprimento. Pedro Portugal salienta as suas elevadas capacidades nas diversas aplicações clínicas, nomeadamente na avaliação avançada do sistema nervoso central e coração. "Estamos a falar de tecnologia de vanguarda", diz.
 
Esse é um dos factores que o médico destaca na parceria com a Siemens - presente com outros equipamentos neste Serviço, nomeadamente de tomografia axial computorizada (TAC) e radiologia convencional. Afinal, trata-se de uma empresa de renome nesta área e com equipamento de última geração, em que a tecnologia está em constante evolução.
 
Há também a salientar o tempo recorde em que foi feita a instalação do equipamento: "Menos dias do que os previstos no caderno de encargos." Esta forma de funcionar faz parte da filosofia Siemens. Para Pedro Portugal, não é só o hospital que ganha nesta relação, "é uma parceria integral, pois, sendo um hospital polivalente, oferece um bom feedback da real capacidade dos equipamentos".
 
Para que o MAGNETOM Symphony TIM pudesse funcionar a plena capacidade foi necessário criar uma nova equipa de profissionais. Alguns já tinham experiência neste tipo de tecnologia noutras unidades de saúde, outros motivaram-se e rapidamente se familiarizaram com ela. "O estímulo de procurar o desconhecido resultou numa rápida evolução em termos de aprendizagem", salienta Pedro Portugal. Para tal contribuiu também o programa-piloto de formação em sala Siemens, ministrado antes da instalação do equipamento.
 
Neste momento, o Serviço de Imagiologia realiza cerca de 15 ressonâncias magnéticas por dia, mas o director estima que no pico da produção esse número cresça para 20 a 24. O CHVNG/E é uma hospital geral, central e dotado de serviço de urgência polivalente, abrangendo directamente os concelhos de Vila Nova de Gaia e Espinho, e de referência para os concelhos de Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca, S. João da Madeira e Ovar.
 
Revista Diálogo - Answers for Portugal - SIEMENS, Outono 09 N.º 63